MOLHO PESTO DE COUVE COM SEMENTE DE GIRASSOL

Eu tenho inúmeras versões de molho pesto! Não só por que eu amo inventar receitas novas substituindo ingredientes clássicos, como também por que sempre evito desperdícios e exploro ao máximo o que tenho na geladeira e na despensa.

Falando de molho pesto, especificamente, mesmo que eu tente fazer a receita mais tradicional acabo sempre substituindo o pinoli por nozes ou castanha do Pará. Mais fácil de encontrar e fica delicioso!

Mas se você chegou até aqui, nada de substituições ok?! Tente fazer exatamente como eu fiz e se surpreenda! Já é meu pesto queridinho do momento! A semente de girassol tostada com o alho dourado é a combinação perfeita para essa receita.

Um dica importante sobre a quantidade de azeite que vai na receita. Eu sei que é muito, mas caso você esteja tentando pegar leve na gordura (mesmo que ela seja boa), use 1/3 de azeite e 2/3 de água. Vai ficar tão bom quanto! Mistura bem na massa quentinha e pronto. Mais leve porém saboroso igual.

INGREDIENTES:

  • 1/2 xícara de semente de girassol crua
  • 2 dentes de alho
  • 2/3 de xícara de azeite de oliva
  • 4 folhas de couve sem o talo
  • Pimenta do reino e sal a gosto
  • 1/4 de limão espremido
  • Salsinha a gosto

Modo de Preparo:

Comece aquecendo uma frigideira antiaderente, adicione só a semente de girassol para dar uma torradinha, demora de 5 a 10 minutos. Fique mexendo com uma colher, pois queima muito rápido. O ideal é que as sementes fiquem douradas por igual. Reserve.

Na mesma frigideira, doure o alho picado com um fiozinho de azeite. Reserve.

No copo do liquidificador ou no processador de alimentos, coloque as sementes de girassol torradas, o alho dourado, as folhas de couve, o azeite e todos os temperos. Bata devagar, ate obter a consistência ideal. Sirva com o macarrão da sua escolha, quente ou frio, com queijo ralado ou levedura nutricional! Essa receita rende molho para 2 porções. Bom apetite!

MOLHO PESTO DE COUVE COM SEMENTE DE GIRASSOL
MOLHO PESTO DE COUVE COM SEMENTE DE GIRASSOL

P.S. Esse molho pesto vegano de couve também fica maravilhoso com espaguete de legumes que eu fiz neste outro post 🙂

SMOOTHIE TROPICAL DE MANGA E LIMÃO

Ah o verão… e minhas loucas vontade de beber a comida! Hahahaha parece bizarro né. Mas é literalmente como bater a salada com frutas congeladas e beber, pronto! Pratico, refrescante, nutritivo!

Esse smoothie ft. Vitamina é minha queridinha no momento. Já da pra perceber que sou louca por mangas (meu último post foi o carpaccio de manga) e faço de tudo para aproveitar a fartura delas durante os meses mais quentes e incluir diariamente na minha dieta.

Eu pessoalmente não tomo suplemento de proteína, pois não acho necessário considerando minha alimentação regrada e a quantidade de exercícios físicos que pratico. Mas se você toma, pode substituir metade da quantidade de bananas pela sua proteína em pó (sabor neutro, por favor) e vai ficar muito bom também.

Falando na banana, o papel dela aqui é puro amor! Ela adoça e da cremosidade por estar congelada. Sempre minha peça chave em smoothies, entra também no lugar do leite, juntamente com  a aveia e a água.

Atualmente eu estou usando um pozinho verde que se chama Moringa, é uma planta nativa da África e Ásia e é uma das mais nutritivas do mundo. Ajuda na recuperação muscular, melhora a pele, aumenta a imunidade, melhora digestão, é bom para os ossos pois tem bastante cálcio, bom para os olhos pois tem vitamina A… enfim é tudo de bom, porém opcional!

INGREDIENTES:

  • 2 bananas congeladas
  • 1/2 manga grande congelada
  • 1 colher de chá de chia
  • 3 colheres de sopa de aveia
  • 1 colher de chá de linhaça marrom ou dourada
  • 1 centímetros de gengibre fresco
  • 1/2 limão espremido
  • 1 xícara de espinafre
  • 2 folhas de couve
  • 1 xícara de água filtrada
  • 1/2 colher de chá de moringa *opcional

MODO DE PREPARO:

Bata todos os ingredientes no liquidificador e saúde 🙂

A quantidade de água pode variar dependendo de qual consistência você gosta mais. Eu prefiro mais grossinho.

SMOOTHIE TROPICAL DE MANGA E LIMÃO
SMOOTHIE TROPICAL DE MANGA E LIMÃO

Essa receita rende 2 copos grandes, mas eu acabo tomando tudo sozinha! De tão bom!

CARPACIO DE MANGA COM MOLHO DE ERVILHA E ESPINAFRE

Você vai se apaixonar por esse carpaccio se você:

  1.  Gosta muito de manga
  2.  Adora saladas e outros pratos salgados com frutas

Em ambos os casos, ou no caso de você ser como eu e escolher opção 1 e 2, essa receita vai te fazer muito feliz. Especialmente num dia quente e corrido!

Falando de estética, fazer esse carpaccio como entrada ou acompanhamento num almoço ou jantar vai impressionar qualquer um! É como um sol no prato, com maravilhoso perfume de manga.

A manga ideal é a Palmer e tem que estar QUASE madura e não pode estar madura demais, a ponto de conseguir cortar as finas fatias sem desmanchar. Caso você só encontre mangas mais verdes, corte-as o mais fino possível e adicione um pouco de açúcar Mascavo ou agave ao molho, vai realçar o sabor da manga juntamente com a acidez do limão.

Meu segredo para deixar a manga mais palatável para quem não gosta de fruta em pratos salgados é caprichar no tempero do molho. Adicionando aos poucos mais limão, sal e ervas frescas.

INGREDIENTES

  • 1 manga grande
  • 2 punhados de alface picado
  • 1/2 xícara de ervilhas

MOLHO

  • 1/2 xícara de castanha de caju crua
  • 1/2 xícara de ervilha
  • 1/2 dente de alho
  • 1 xícara de espinafre fresco ou congelado
  • 1/2 masso de salsinha fresca
  • 2 talos de cebolinha
  • 1 xícara de água (vai colocando aos poucos, até conseguir bater)
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva
  • Sal e pimenta a gosto

MODO DE PREPARO

Comece pelo molho. A castanha de caju crua tem que ficar de molho por 3 horas no mínimo ou por até 8 horas. Lave bem as castanhas para eliminar completamente a água do demolho. Coloque no liquidificador ou processador de alimento, adicione todos os outros ingredientes do molho. Bata até obter uma consistência bem homogênea, como uma vitamina mais grossinha mesmo. Se ficar muito líquida deixe na geladeira por algumas horas que ela volta a engrossar.

Molho de Castanhas com ervilha e espinafre
Molho de Castanhas com ervilha e espinafre

Descasque a manga e corte em pedaços grandes. Apoie cada pedaço na horizontal e vai fatiando com calma. Da pra brincar bastante com o formato, já que a manga é tão fácil de fatiar. Então use sua imaginação e não esquece de fazer uma foto linda e me enviar!

Pique as folhas de alface e sirva junto com a manga e ervilhas inteiras. Sirva com molho por cima das mangas e do alface. Se você gosta de pimenta, flocos de pimenta calabresa vão dar um toque especial!

CARPACIO DE MANGA COM MOLHO DE ERVILHA E ESPINAFRE
CARPACIO DE MANGA COM MOLHO DE ERVILHA E ESPINAFRE

Essa receita rende duas porções generosas! Bom apetite!

ESPAGUETE DE LEGUMES COM MOLHO DE FEIJÃO BRANCO E BETERRABA

O nome dessa receita é tão longo que quase não vou precisar escrever mais nada aqui.. Considerando que eu escolhi chamar de espaguete de legumes para resumir o que deveria ser “espaguete de abobrinha e cenoura” 😱

Eu gosto muito de fazer essa receita no jantar, quando quero comer algo gostoso e quentinho, ao mesmo tempo repleto de legumes e muitos nutrientes. Também não deixa de ser uma ótima opção para levar na marmita e comer quente ou frio mesmo na correria do dia a dia.

Um detalhe que preciso mencionar é que tive que fazer o espaguete de legumes na ponta da faca mesmo. Não tenho aquele ralador que faz esse trabalho ser mais fácil, mas como fiz só pra mim, acabou não sendo uma tarefa tão difícil assim. Só precisa de uma faca bem afiada e calma, cortando a abobrinha e a cenoura em fatias finas e depois fazendo tirinhas bem finas também.

Sobre o molho de feijão branco, minha intensão era um molho branquinho mesmo. Mas eu já tinha no freezer um potinho com feijão branco cozido com beterraba. Então por que não fazer um molho rosa e aproveitar o feijão que já está cozido?! E ficou um lindo contraste com o verde da abobrinha e o laranja da cenoura.

INGREDIENTES:

  • 1 abobrinha grande
  • 2 cenouras
  • 1 xícara de feijão branco cozido
  • 1/2 beterraba cozida
  • 1 dente de alho
  • 1/2 cebola
  • Pimenta do reino
  • 2 colheres de azeite de oliva
  • 1 colher de chá de vinagre de maçã
  • Sal a gosto

MODO DE PREPARO:

Comece transformando a abobrinha e as cenouras em espaguete ou talharim (depende do seu maquinário ou desemprenho com a faca). Coloque o macarrão de legumes para cozinhar por uns 10 minutos, ou até obter a consistência ideal para você. Eu prefiro menos cozido, bem ao dente mesmo. Reserve.

Refogue o alho e a cebola, coloque no copo do liquidificador junto com o feijão, a beterraba, o vinagre, pimenta do reino e o sal. Bata bem até ficar bem cremoso, adicione água se for necessário ou caso você prefira um molho mais aguado. Coloque o molho numa panela e deixe ferver por 5 minutos. Prove e ajuste a quantidade de sal e pimenta. Pronto.

Espaguete de legumes com molho de feijão branco e beterraba
Espaguete de legumes com molho de feijão branco e beterraba

Espaguete de legumes com molho de feijão branco e beterraba
Espaguete de legumes com molho de feijão branco e beterraba

Sirva o macarrão por baixo e o molho no centro, pra valorizar as cores tão lindas! Salpique oregano por cima.

Rende duas porções. Bom apetite!

MINGAU DE AVEIA E BATATA DOCE

Você prefere doce ou salgado no café da manhã? Pra mim não tem uma resposta só, pois cada dia acordo com uma vontade diferente. Nem pensar em comer a mesma coisa todos os dias! Mas quando sei que minha manhã vai ser corrida e longa, faço mingau de aveia com castanhas e banana. Meu favorito! Me sacia por muito tempo e fica perfeito com um café coado.

Mas o que fazer quando as bananas acabaram? E só tem batata na geladeira! Mingau de batata doce é a solução. E não só substituiu o de banana, como impressionou! Fica tão cremoso! O sabor doce da batata também ajuda a não ter que adicionar muito açúcar, a textura dela ralada com a aveia fica tão bom. A batata doce é um carboidrato saudável que da muita energia, sem elevar o nível de açúcar no sangue (mesmo sendo doce)!

É bem versátil, da pra preparar um dia antes e deixar na geladeira. Além de ser um bom café da manha também é uma ótima opção de lanchinho para levar com a marmita e comer em qualquer lugar, frio mesmo.

INGREDIENTES:

  • 1 xícara de batata doce ralada
  • 1 xícara de aveia integral
  • 2 colheres de manteiga de amendoim
  • 1/2 xícara de uva passa
  • 1 e 1/2 xícara de água filtrada
  • 2 colheres de sopa de chia
  • 2 colheres de açúcar Mascavo
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • Pitada de sal

MODO DE PREPARO:

Coloque todos os ingredientes numa panela e misture tudo. Em fogo médio cozinhe a mistura, mexendo de vez em quando, por uns 10 minutos. Até ficar bem cremoso e a batata molinha. Pode adicionar mais um pouco de água se for necessário.

Mingau de Aveia com Batata Doce
Batata doce ralada e aveia integral

A batata que eu usei é do tipo laranja por dentro, mas pode usar qualquer outro tipo. Se você não gosta de uva passa, pode usar cranberry seco, ameixa seca picada ou Tamara. A canela é essencial, mesmo que você não goste, coloque um pouquinho para realçar os sabores e adicionar aroma!

Mingau de Aveia com Batata Doce
Mingau de Aveia com Batata Doce

Rende duas porções. Sirva com mais uvas passas e canela.

Bom apetite!

TOFU MEXIDO COM ESPINAFRE (OVOS MEXIDOS VEGANOS)

Na minha jornada de reeducação alimentar eu tive vários pontos cruciais de mudanças e muito aprendizado. Não como carne vermelha a mais de 10 anos e peixe eu fui deixando de comer aos poucos. Mas queijo e ovos predominaram por muito tempo, tempo demais!

Eu que sempre amei cozinhar e entender a infinidade de combinações e possibilidades em uma cozinha, percebi que depois de muitos anos sendo vegetariana, quase todas as minhas receitas levavam ovo ou queijo, ou como no caso do ovo mexido, ambos! Sendo assim, desde o final de 2017 eu venho utilizando mais alimentos integrais na minha dieta, ou seja pouco ou nada processados, e foi ai que eu comecei a questionar o queijo e toda forma que ele é produzido. Se você parar para pesquisar sobre isso, em fontes seguras, vai deixar de ser tão gostoso assim! E a mesma regra se aplica para o ovo! Não interessa a quantidade de gordura, se faz bem ou mal, se é light ou tem pouco sal. Na minha cozinha não tem mais queijo e nem ovos!

Desde então, eu percebo que tenho me obrigado a ser mais criativa e venho explorando sabores e ingredientes novos constantemente. E o tofu é um deles. Antes eu sempre dizia que não gostava de tofu, mas na verdade eu não sabia como preparar. Comecei aprendendo a comprar, sempre orgânico e quando possível feito com broto de soja (sprouted beans).

Mas pera ai, tofu não é um alimento processado? Sim! Mas muito menos do que o queijo. Começando pela lista de ingredientes, na maior parte das vezes é só soja. E vale ressaltar que devemos diversificar o que comemos, e nesse quesito, eu pessoalmente como tofu de 2 a 3 vezes por semana. Considerando que utilizo em outras receitas também.

Para fazer o “ovo mexido” use o tofu com firmeza média, nem tão mole e nem tão duro. Sempre pressione para retirar o máximo de umidade possível e desmanche ele com as mão mesmo, para ficar mais parecido com ovo mexido e penetrar mais sabor. Vamos logo para a receita completa..

INGREDIENTES

  • 200 gramas de tofu
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva
  • 1 colher de chá de cúrcuma em pó
  • 1 colher de chá de alho em pó ( pode ser 1 dente de alho picadinho )
  • 1 colher de chá de levedura nutricional
  • Suco de 1/2 limão espremido ou 1 colher de sopa de vinagre de maça
  • Pimenta caiena a gosto
  • Pimenta do reino a gosto
  • Sal a gosto
  • 2 punhados de espinafre ( opcional )

MODO DE PREPARO

Aqueça uma frigideira antiaderente, comece adicionando o azeite e caso você esteja usando o alho fresco, doure o alho e só depois adicione o tofu esmagado. Coloque todos os outros ingredientes, menos o espinafre e misture bem, ajuste o sal e a acidez do limão. Continue cozinhando por mais uns  10 minutos, até o ficar bem sequinho e começar a dourar. Por ultimo adicione o espinafre e desligue o fogo.

Tofu mexido com espinafre
Tofu esmagado com os temperos

Eu gosto de servir numa fatia de sourdough, puro mesmo com avocado picado, ou como nessa foto abaixo, no omelete de grão de bico. Essa receita rende uma porção e sustenta muito! Como isso depois de uma corrida pesada ou em dias que acordo com muita fome! Dá pra variar bastante os temperos, mas sempre uso a cúrcuma em pó para deixar mais amarelinho (sou daquelas que prefere mais gema do que clara, hehehe).

Tofu mexido com espinafre

Bom apetite!

OMELETE DE GRÃO DE BICO – RECEITA BÁSICA

Não, não é um omelete, pois não vai ovo! Por que não chamar de panqueca então? Por que parece um omelete! É rico em proteína, também é feito usando apenas um ingrediente, é pratico de fazer e é muito versátil!

Na real eu nunca gostei muito de omelete, por ter cheiro de ovos, então esse é a melhor versão de omelete para mim. Quando descobri algumas receitas desse omelete fique achando que não era possível. Achei que não teria liga e o sabor não seria bom. Tive que testar para acreditar!

Óbvio que deu certo e que eu amei, por isso estou compartilhando aqui com vocês. Como tem dias que prefiro comer alguma coisa salgada no café da manha, esse omelete vegano de grão de bico é perfeito. Eu gosto de rechear com avocado, humus, tofu mexido com espinafre… Fica muito bom com manteiga de amendoim e banana também!

INGREDIENTES

  • 1 xícara de grão de bico cru/seco
  • 1 xícara de água filtrada
  • Sal a gosto

MODO DE PREPARO

Deixe o grão de bico de molho por 8 horas ou mais. Não da pra usar grão de bico cozido ou enlatado!

Retire toda a água, lave bem e coloque no copo do liquidificador com uma xícara de água filtrada, adicione uma pitada de sal. Bata ate ficar com a consistência bem homogênea, adicione mais água se for necessário.

Omelete de Grão de Bico Vegano
Omelete de Grão de Bico Vegano – Massa crua na frigideira.

Aqueça uma frigideira reta e antiaderente. Fogo baixo. Coloque uma concha da massa e vai espalhando com uma colher, para ficar da espessura que você deseja. Eu prefiro deixar fininha, pois cozinha mais rápido. Espere as bordas começarem a ficar douradas, aproximadamente uns 4 minutos, e só então vire para cozinhar do outro lado. Espere ate começar a dourar, mas uns 4 minutos, e está pronto!

Omelete de Grão de Bico  Vegano
Omelete de Grão de Bico Vegano

Tempere a massa crua para ter mais sabores e cores, eu vou deixar isso para outra publicação, minha intenção aqui é mostrar a receita mais básica mesmo. Me conte nos comentários como você gosta de temperar o seu 🙂 Essa receita rende 4 porções médias.

ALGUMAS DICAS IMPORTANTES

  1. Tenha um frigideira realmente antiaderente, essa receita não vai virar um ovo mexido, que é o que geralmente se faz quando o omelete gruda!
  2. Se não estiver 100% confiante na sua frigideira, coloque um fio de azeite na massa. E reze!
  3. Se você for comer no café da manhã, deixe o grão de bico de molho antes de dormir. Cubra com 3 vezes a quantidade de água, pois os grãos tendem a crescer bastante.
  4. O fogo tem que estar sempre baixo. Se não, vai queimar antes de cozinhar! Se quiser da uma tostadinha, aumente o fogo só depois que estiver cozido dos dois lados.
  5. Tenha um pouquinho de paciência, principalmente se você estiver fazendo para mais de uma pessoa. Demora uns 10 min pra cada omelete ficar pronto. Vale a pena!

CURRY DE LENTILHA COM LEITE DE COCO

Hoje está um dia nublado, chuvoso. Dias assim me dão vontade de comer algo quente e reconfortante, sem necessariamente ser uma sopa. Então pensei em um refogado, que acabou virando esse lindo e delicioso curry com leite de coco.

Eu geralmente baseio minha refeição em torno de alguma leguminosa. E isso varia dependendo de como está meu dia, quando estou com o tempo apertado a lentilha é minha salvação! Pequenina que cozinha rápido e é um super alimento. Rica em proteína e fibras, e muitas vitaminas importantes para nosso bem estar e nutrição. Nada mal, não?

Mais um exemplo de receita com essa pequena poderosa SUPER SALADA DE LENTILHA

Esse curry já teve muitas variações aqui na minha cozinha, mas vou confessar que essa ficou especial. Sério! Foi como um abraço de dentro pra fora!

Eu usei um tempero indiano que se chama “Garam Masala”, mas da pra fazer com o curry em pó e ambos ficam deliciosos.

Eu aproveitei para fazer um pouco a mais e congelar algumas porções. É uma ótima receita para levar na marmita também! Eu geralmente sirvo com arroz integral ou couve picadinha, que pode ser um mix de folhas da sua preferência. A couve crua picadinha da uma textura bem interessante com o resto dos ingredientes cozidos no leite de coco, vale a pena experimentar.

INGREDIENTES:

  • 2 xícaras de lentilha
  • 2 dentes de alho
  • 1 batata doce grande
  • 1 pimentão verde
  • 200 ml de leite de coco
  • 1/3 de cabeça de couve flor
  • 1 colher de chá de curry ou garam masala
  • 1/2 colher de chá de açafrão em pó
  • 1/2 colher de chá de cominho
  • 1/2 colher de chá de alho em pó
  • 2 colheres de sopa de óleo de coco
  • Sal e pimenta a gosto
  • Coentro ou Salsinha a gosto

MODO DE PREPARO:

Deixe a lentilha de molho por uma hora. Descarte a água do molho e reserve.

Pique o alho, a batata e o pimentão em cubos. Em uma panela grande, com fogo médio, refogue esses ingredientes com o óleo de coco por 5 minutos. Acrescente a lentilha, todos os temperos secos e o leite de coco. Ajuste o sal e tampe a panela. Deixe cozinhar, enquanto isso pique a couve flor e o coentro. Acrescente a couve flor e o coentro, se precisar adicione um pouco de água. Tampe a panela e cozinhe até a lentilha ficar macia.

Eu pessoalmente gosto do curry mais cremosos e não aguado, então deixo cozinhar até quase todo o líquido evaporar. Mas se você prefere ter um caldo, dobre a quantidade do leite de coco. Rende de 4 a 6 porções.

CURRY DE LENTILHA COM LEITE DE COCO
CURRY DE LENTILHA COM LEITE DE COCO e couve crua picada

Bom apetite 🙂

SALPICÃO DE GRÃO DE BICO

O Salpicão me traz na memória grandes almoços em família. Sempre servido como a salada, a opção light, o frescor do cardápio. Mas pessoalmente, como nunca gostei de maionese e nem de frango, comia mais por curiosidade do que por gosto. Provavelmente os outros vegetais e uva passa acabavam deixando essa experiencia gastronômica mais prazerosa.

Mesmo assim nunca deixei de pensar que, feito de uma forma diferente, seria realmente interessante. Tanto no paladar quanto em nutrientes. Pensando nisso, um dia pesquisei muitos as receitas de salpicão vegano que já existem, e não fiquei muito satisfeita com os resultados. Diversas receitas levam grão de bico no lugar do frango, uma boa ideia já que também é rico em proteína, tem sabor neutro e cor discreta. Porem por ser redondo, acaba não se encaixando na receita! Foi ai que fiz o teste de triturar o grão de bico, o suficiente para perder o formato de bolinha, sem virar uma pasta. E ficou impressionante! Virou frango desfiado, ou melhor, grão de bico desfiado! Yes!

Dica importante: Compre grão de bico seco e cozinhe em casa! É essencial que ele seja cozido ate ficar ao dente, escorrido e resfriado antes de ser triturado. Isso vai ajudar na textura e sabor. Eu utilizo o liquidificador na função pulsar, e vou colocando 1 xícara de grão de bico cozido por vez, até obter a quantidade necessária.

Eu amo levar esse salpicão vegano em piqueniques! Para comer puro, com folhas crocantes de alface, com chips, no pão… Simplesmente delicioso! Experimente levar em alguma festa de família, num churras! Da pra fazer em grande quantidade um dia antes, no dia seguinte fica ainda mais saboroso.

INGREDIENTES:

  • 1 xícara de grão de bico seco ( 2 xícaras de grão de bico cozido )
  • 1 cenoura grande
  • 1/2 cebola
  • 2 talos de salsão
  • 1/2 xícara de uva passa
  • 1 maçã
  • 1/2 pimentão verde
  • Sal a gosto
  • 1 colher de chá de cominho em pó
  • 1/2 xícara de Maionese Vegana
  • Suco de meio limão
  • 1/2 masso de salsinha

MODO DE PREPARO:

Comece triturando o grão de bico usando um processador ou um liquidificador. Lembrando que o grão de bico não pode estar muito cozido, se não vai acabar virando uma pasta. Tem que estar ao dente, em temperatura ambiente e bem sequinho. A consistência dele depois de triturado deve ser assim:

Salpicão de Grão de Bico
Textura do grão de bico triturado – Salpicão de Grão de Bico Vegano

Deixe o grão de bico numa tigela e comece o preparo dos outros ingredientes. Rale a cenoura no ralador de queijo, rale a cebola, pique em pedaços pequenos os talos de salsão, o pimentão e a maçã.

Salpicão de Grão de Bico
Salpicão de Grão de Bico Vegano

Coloque tudo na mesma tigela do grão de bico, adicione a uva passa, a maionese, o limão, a salsinha, cominho, sal e pimenta. Misture bem para que os sabores se encorporem. Prove para ajustar a quantidade de sal, pimenta e limão. E pronto. Essa receita rende 4 porções bem servidas. Guarde na geladeira por ate 3 dias. Sirva com mais salsinha fresca por cima.

Salpicão de Grão de Bico
Salpicão de Grão de Bico Vegano

Nessa foto abaixo eu servi em barquinhos de alface, para comer com as mão mesmo. Bom apetite!

Salpicão de Grão de Bico
Salpicão de Grão de Bico em barquinhos de alface

MAIONESE VEGANA DE CASTANHA DE CAJU

Essa receita é bem versátil. Quando faço comida mexicana bato com muito coentro e pimenta caiena, quando faço para sanduíche gosto de acrescentar levedura nutricional, ou ate mesmo com um pouco de maple syrup e paprika defumada!

Não tem segredo e nem desculpa para ficar comprando maionese industrializada!

Mas aqui esta a versão básica da maionese vegana sem soja! Se você quiser, substitua o azeite por meio avocado maduro. assim vai ser sem óleo também, em ambos os casos, fica super cremosa. A castanha de caju demolhada fica bem neutra, e eu considero insubstituível.


INGREDIENTES:

  • 1 xícaras de castanha de caju
  • 1/4 de xícara de azeite de oliva ou 1/2 avocado
  • 1/4 de xícara de água filtrada
  • 2 colheres de sopa de limão ou vinagre de maça
  • 1/2 colher de sopa de mostarda
  • 1/2 dente de alho
  • sal a gosto

MODO DE PREPARO:

Deixe as castanhas de caju de molho por no minimo 2 horas. Escorra as castanhas e passe por água filtrada. Coloque as no liquidificador com todos os outros ingredientes. Bata ate obter uma consistência de maionese. Prove para ajustar o sal e a acidez do limão.

Guarde na geladeira por até 4 dias.

A maionese da foto abaixo eu fiz com avocado, pois tinha um bem maduro na minha fruteira e aproveitei para fazer com ele mesmo, por isso esta meio esverdeada.

*Vou atualizar esse post assim que eu fizer a receita mas parecida com a  original, apenas com o azeite de oliva.

Maionese De Castanha de Caju e Avocado
Maionese De Castanha de Caju e Avocado

BROWNIE CRU DE NOZES

Pensa naquele desejo de comer algo doce, de preferencia com chocolate, e definitivamente sem culpa!

Então essa receita é perfeita! Pois são somente cinco ingredientes e não precisa assar!!! Isso mesmo, como uma mágica, esse brownie cru, vegano, sem gluten, saudável, nutritivo e delicioso esta a 30 minutos de ficar pronto e poder ser devorado!

A textura dele é impressionante, fica firme e ao mesmo tempo desmancha na boca. Eu amo a combinação do cacau com o sabor de caramelo que a tâmara tem, por isso uma pitadinha de sal é importante, acentua ainda mais o doce. É bem provável que se torne seu brownie favorito!

Não tem castanha melhor do que nozes quando o quesito é brownie, por isso ela é a protagonista aqui! Em todo caso, pessoalmente não gosto de encontrar pedaços muito grandes de nozes no meio do brownie, por isso triturei toda quantidade de nozes no começo da receita. Mas se você gosta, separe 1/5 das nozes e pique grosseiramente com uma faca e misture só no final.

INGREDIENTES:

  • 1 xícara de nozes
  • 10 tâmaras médias
  • 3 colheres de cacau em pó (achocolatado não funciona)
  • 1/2 colher de sopa de canela
  • pitada de sal

MODO DE PREPARO:

Se as suas tâmaras estiverem muito secas e duras coloque de molho em água filtrada por 2 horas. Escorra bem essa água e reserve as tâmaras.

Você vai precisar de um processador ou liquidificador potente. Coloque as nozes, bata ate virar uma farinha grossa. Não bata alem do necessário para não virar uma manteiga de nozes. Adicione as tâmaras, e bata mais um pouco. A massa vai começar a ficar mais úmida, então adicione o cacau em pó, a canela e o sal. Bata ate tudo ficar bem encorporado. A consistência é como uma farofa bem grudenta, mas quando você pega na mão e aperta, tem liga para virar um brownie.

Tire toda massa do processador e adicione nozes picadas, talvez seja mais fácil misturar com as mãos mesmo. Separe uma forma pequena e retangular, pode ser uma tigela de plastico quadrada. Forre o fundo com papel manteiga. Coloque a massa aos poucos e pressione pra baixo com uma colher ou com os dedos mesmo, repita até o final da massa. Leve para a geladeira por no minimo 2 horas para firmar um pouco mais, porem já da pra comer um pedacinho assim que terminar, vai ser difícil esperar tanto tempo!

BROWNIE CRU DE NOZES
BROWNIE CRU DE NOZES

Coma gelado ou em temperatura ambiente. Eu gosto de polvilhar cacau por cima e servir com morangos frescos!

BROWNIE CRU DE NOZES
BROWNIE CRU DE NOZES

Bom apetite!

GRANOLA DE FRIGIDEIRA

Dourada, crocante, cheia de castanhas, coquinho queimado, doce na medida certa… Essa é minha granola favorita! E a receita está aqui pra você fazer em casa e se surpreender!

Se você acha que eu estou exagerando, afinal a prateleira do supermercado tem inúmeros tipos de granolas e não tem motivo pra querer melhorar isso, talvez essa receita não seja para você. Pule para o próximo post, obrigada!

No meu ponto de vista sempre foi extremamente difícil comprar uma granola pronta! Seja pela lista de ingredientes desnecessários, pelo tipo de açúcar ou adoçante e a quantidade exagerada, por não crocante ou ser crocante demais, pelo preço, pela embalagem de plástico dentro da embalagem de papel… enfim, eu desisti e não comia granola já por um bom tempo! Se você se identifica com meu caso, e ama uma granola fresquinha e deliciosa, faça essa receita e seja feliz!

Por que na frigideira? É fácil chegar no ponto certo, sem correr risco de queimar! Simples assim. Só é importante não parar de mexer e não se distrair. Leva de 10 a 20 minutos para ficar pronta, dependendo do quando dourada você gosta.

Não gosto de fazer em grande quantidade, pra granola ficar sempre fresca. Essa quantidade da receita rende 500 a 600 gramas e eu consumo em até uma semana. Guardo num pote de vidro bem selado!

Sobre o açúcar, eu coloco o mínimo possível, pois geralmente como com frutas e cremes que já são doces. Mas se você do tipo formiguinha, pode dobrar a quantidade do açúcar!

INGREDIENTES:

  • 2 xícaras de aveia inteira
  • 1/2 xícara de semente de girassol
  • 1/2 xícara de nozes picadas
  • 1/2 xícara de amêndoas picadas
  • 1/2 xícara de flocos de coco
  • 4 colheres de chia
  • 6 a 8 colheres de açúcar Mascavo
  • 4 colheres de água
  • 2 colheres de óleo de coco
  • Pitada de sal

MODO DE PREPARO:

Aqueça uma frigideira grande, adicione o óleo de coco, a água, o açúcar Mascavo e o sal. Mexa até que o açúcar e o sal se dissolvam, em seguida adicione todos os outros ingredientes. Mexa muito bem para que a granola fique doce por igual!

Com o fogo médio pra alto, mexa bem todos os ingredientes a cada minuto. Com uma colher grande transfira toda parte de baixo para cima, assim vai ficar toda dourada. Demora de 10 a 20 minutos, quando estiver dourada suficiente desligue o fogo e transfira imediatamente para uma tigela fria para interromper o cozimento.

GRANOLA DE FRIGIDEIRA
GRANOLA DE FRIGIDEIRA

Pronto. Se você gosta de granola crocante espere esfriar completamente antes de vedar a tigela/pode em que vai ficar armazenado.

GRANOLA DE FRIGIDEIRA
GRANOLA DE FRIGIDEIRA

Na foto eu servi por cima de um creme de banana com espinafre. Outra dica é servir com o Iogurte de Morango com Castanhas, fica perfeito!

Creme de banana com espinafre, granola e blueberries
Creme de banana com espinafre, granola e blueberries

Bom apetite!